Um pouco de informação . . .

 

     Disfunção da ATM, DTM. Tratamento, sintomas e causas. Quais? Tem cura, sem remédio?-50 anos- Dor de cabeça, tontura, barulhos ou estalos, zumbido no ouvido, enjoo ou vista embaça. Articulação Temporomandibular, ATM e DTM. Que é esse problema? Causas e diagnóstico.

     O Prof Dr JJ Barros (de renome nacional e internacional), foi um dos pioneiros no estudo, diagnóstico, tratamento da ATM (desde 1954) e hoje continuado pelo Dr Luiz Barros e equipe. Também é pioneiro na divulgação, por meio de palestras e cursos, sobre disfunção da “ATM” (Articulação Temporo Mandibular) ou “DTM”.

O que é ATM ou DTM? 

     ATM significa Articulação TemporoMandibular (nome dados, para as articulações da mandíbula) ou Algias por Tensões Musculares (denominação dada pelo Prof. Dr. JJ Barros). Também é chamada de DTM ou D-ATM (Disfunção ou Distúrbio da Articulação Temporo Mandibular), TMJ (Temporomandibular Joint Disorders - sigla em inglês), entre outras denominações, que se traduz principalmente por “sintomas, disfunção e dor da ATM”

     A importância do conhecimento desta área e, de seus sintomas, pelos dentistas, médicos, otorrinolaringologistas, oftalmologistas, neurologista, fisioterapeutas, ortopedista e psicólogos, psiquiatras, entre outros profissionais da saúde, devido os sintomas que apresentam, pela sua proximidade: como dores na cabeça, dores reflexas, junto ao ouvido, olhos, pescoço, braços, peito, abaixo das mamas, dentes; tontura, vertigem, zumbido no ouvido (labirintite), enjoos, a vista embaça, fotofobia (a luz incomoda), certos casos de nevralgia do trigêmeo. Esses sintomas, acabam prejudicando o trabalho, estudo e a qualidade de vida.

     Muitas pessoas, sofrem desses sintomas, às vezes, durantes anos; outras, já passaram por vários tipos de tratamentos e diversos exames e medicamentos, sem encontrar as causas, desses sintomas.

     Em alguns casos, os sintomas delas são tão intensos, que acabam procurando auxílio, em hospitais.

     Também, acabam sofrendo mais, ao ingerirem, os medicamentos, devido aos “efeitos colaterais” que muitos desses remédios apresentam.

     O Dr. Luiz Fernando Vaz de Barros, filho do Prof. Dr. J.J.Barros ("In memorian):

     É um cirurgião dentista (clínica geral, trabalha em diversas áreas da odontologia, favorecendo, com isso, um melhor conhecimento e resultados, no tratamento da ATM e de seus sintomas). Possui, mais de 35 anos, de trabalhos, estudos e pesquisas, nessa área.
     Graduado, na primeira turma de odontologia, na Universidade Franciscanas, em 1976.
     É membro da “Associação dos Professores de Cirurgia, Prótese-Buco-Maxilo-Faciais”.
     Vivência como professor de Cirurgia e Prótese Buco Maxilo Facial, na Universidade Paulista (UNIP). Iniciou a primeira turma de odontologia, dessa faculdade (foi em São Paulo, capital, Unidade Bacelar).
     Trabalhou na área de cirurgia, no Hospital Nossa Senhora da Penha, em São Paulo, SP - no bairro da Penha.
     Criou e montou o primeiro aparelho produzido no Brasil, para relaxamento neuromuscular (Mioestimulador ou Tens, utilizado no tratamento da dor na ATM), usando o sistema de luz pulsátil.
     É graduado também, pelo curso de implantes de dentes e prótese sobre implantes, no sistema -3i- considerado um dos melhores implantes dentais.ATM ou DTM

     Nossa equipe, é formada de profissionais, das áreas de ATM ou DTM, ortodontia, cirurgia oral (extração dos sisos, cistos, entre outras), cirurgia da ATM, estética dental, implantes de dentes e endodontia (tratamento de canal).

     Nas cirurgias (no caso de remoção de siso e outras cirurgias), utilizamos técnicas de relaxamento (mediante consulta), para um melhor conforto, redução do medo e do estresse do paciente.

Sintomas da ATM ou DTM e de disfunção na articulação temporomandibular.       

       Devido a diversidade de sintomas, causados pela disfunção da ATM ou DTM, dividimos esses sintomas, de acordo com a causa, dos sintomas e também, dos problemas de disfunção, na própria articulação temporomandibulares (que podem ser musculares, articulares ou emocionais) mas, que normalmente, não são a causa real, desses sintomas.

     Lembramos também, que uma pessoa, pode ter um só sintoma de disfunção de ATM ou DTM ou ter, vários sintomas, ao mesmo tempo. Por isso é importante, que passe por uma consulta, para uma melhor avaliação, dos sintomas relacionados, a ATM ou DTM.

     A maioria, desses sintomas, com essa causa, são tratados, sem a utilização de remédios, cirurgia ou restrições alimentares.

A) Sintomas de causa muscular de disfunção da ATM ou DTM:

     1- Certos tipos de barulhos ou zumbido no ouvido.

     2- Sensação de ouvido tampado. Diminuição auditiva, sensibilidade auditiva ou dificuldades, no entendimento, de certos sons, mais graves ou agudos.

     3- Tontura, tonteira, atordoamento ou vertigem (chamadas de labirintite), sensações de desmaio, podendo levar a queda ao chão, sem motivo aparente.

     4- Dores de cabeça (como nas enxaquecas, cefaleias ou migrâneas) ou sensação de pressão na cabeça.

     5- Dores, estalos no pescoço, ombros, braços, peito, dor embaixo dos seios ou na nuca. Parestesia (adormecimento, na ponta dos dedos).

     6- Sensação de aperto ou incomodo, na garganta.

     7- Fotofobia (aversão a luz - ele procura ficar, em ambientes escuros ou usar óculos escuros), dores nos olhos, vista embaçada, a pélpebra treme.

     8- Dores no peito (levando a pensar, em problemas cardíacos), dores embaixo dos seios.

     9- Enjoos ou vômitos.

     10- Limitação de abertura da boca (quando essa limitação, é de causa muscular).

     11- Certos casos de nevralgia, do trigêmeo.

     12- Problemas patológicos ou originados por trauma, nos músculos da face.

B) Sintomas de causa articular da disfunção da ATM ou DTM:

     1- Estalos, crepitações ou barulhos, nas articulações da ATM.

     2- Luxação ou sub luxação, da articulação temporo mandibular.

     3- Problemas patológicos ou originados por trauma articular.

     4- Sintomas de dor, de causa articular (podendo causar dor reflexa no ouvido).

     5- Estalo no pescoço ao movimenta-lo, para os lados. Bruxismi ou Briquismo e desgaste articular

     6- Limitação de abertura ou fechamento, ou desvios, na abertura, quando a causa é articular (como nos caso das artroses - desgaste da cabeça da articulações da ATM, por exemplo).

     Ao lado, uma radiografia de uma articulação da ATM, com osteoartrose – desgaste da cabeça da articulação (a cabeça, acabou ficando plana) e a figura, dentro dela representa, como deveria estar essa articulação, sem o desgaste.

     Por isso o tratamento tem que ser, logo que sentir algum sintoma, procurando evitar problemas futuros.

    c) Outros tipos de sintomas relativos a ATM ou DTM :

     Problemas emocionais, como a sensação de estar meio aérea (distante da realidade) ou como a cabeça, fosse um balão ou dificuldade de se concentrar, nos afazeres.

     1- Problemas posturais, da coluna cervical.

     2- Habitos e vícios parafuncionais, profissionais ou emocionais (como o bruxismo ou Briquismo).

       Obs.: o paciente pode apresentar, diversos sintomas da ATM, de causa muscular e não ter nenhum problema, nas articulações.

       Os dentes são responsáveis, pelo perfeito equilíbrio dos músculos, das articulações e dos ligamentos. Qualquer alteração dentária, que pode ser desde um simples dente torto, uma mordida inadequada ou até mesmo a falta deles, podem gerar um desequilíbrio, levando a um quadro de ATM.

Sintomas da ATM ou DTM e medicamento: 

     A maiorias dos remédios utilizados, para os sintomas de disfunção da ATM ou DTM, só removem temporariamente, a dor e os outros tipos de sintomas da ATM e não a causa. Por isso que, passado o efeito dos medicamentos, normalmente retornam, os sintomas, de dor e os outros tipos de sintomas.

     Obs: um paciente pode apresentar, um só sintoma ou mais, dos sintomas descritos acima.

     Sintomas de dor de cabeça, como nas enxaquecas, cefaleias e migrâneas ou problemas de labirintite, tontura ou zumbido no ouvido, atrapalham muito a qualidade de vida do paciente, pois ele acaba ficando sem ânimo, para os seus afazeres do dia a dia.

Problemas de Disfunção da ATM (ou DTM): 

     Pode existir tratamento ou até mesmo cura sem cirurgia, para a disfunção da ATM ou DTM mas, para isso, depende muito do profissional observar, se os sintomas do paciente, são relativos as ATMs; de visualizar qual é ou melhor tratamento que deve ser utilizado, para cada caso e, principalmente ter a colaboração do paciente, em seguir as orientações propostas a ele, para termos sucesso, no tratamento das ATMs ou DTMs.

Tratamento da ATM ou DTM e de suas disfunções: 

     Para o tratamento, sempre é recomendado, o uso de placas fisioterápicas (dentre os muitos nomes, dados a essas placas), para promovermos o reequilibro muscular e articular. Só com a recuperação da posição de conforto é que podemos ter noção, do tratamento indicado, que pode variar de, paciente para paciente e termos resultados, no tratamento dos sintomas da ATM ou DTM e de sua disfunção. O diagnóstico e tratamento, normalmente é efetuado, sem a necessidade da utilização de medicamentos, cirurgia, restrições alimentares ou exames, que possam trazer algum incômodo, para o paciente.


Problemas que podem prejudicar a ATM ou DTM e o seu tratamento: 

     Também é importante o conhecimento dos fatores emocionais, como o estresse, que podem prejudicar o tratamento ou cura dos sintomas provenientes das “disfunções da ATM” (ou DTM), como hábitos ou vícios posturais, parafuncionais e profissionais. Veja esses problemas, em o que é a ATM ou DTM e sobre o tratamento do Bruxismo ou Briquismo, no menu acima. 

Falso micrognatismo (queixo curto):  Em alguns casos, por exemplo, em que a indicação poderia ser a cirurgia, para avanço da mandíbula, em um paciente com micrognatismo (conhecido como queixo curto) e sintomas de ATM, passou a ser só a movimentação dos dentes, para verticalizar os dentes anteriores (ortodontia), um pequeno desgaste seletivo, além deacompanhamento com fonoaudióloga, visando a manter a posição de conforto, conseguida com o uso da placa, para tratamento da ATM.

ATM ou DTM -micrognata - queixo curto

     Obs.: O tratamento das ATMs, visa a recuperar, com o uso de placas, a posição de conforto, dento – muscular – articular, perdida e manter, essa posição de conforto, no próximo passo, com o uso de movimentações dentárias, desgaste seletivo, colocação ou substituição de próteses ou cirurgia. 

     Só após recuperarmos, a posição de conforto (posição de equilíbrio muscular, ligamentar e de diversos outros componentes da face), é que podemos ter condições de visualizar, o tipo de tratamento ideal, para cada caso. 

“Dentes do siso ou Terceiros molares. Quando devemos removê-los?"

     Problemas, que podem ocorrer antes ou após a extração (que pode ser, devido ao procedimento cirúrgico) ou na remoção tardia, dos dentes do siso: dor, limitação de abertura da boca, problemas gengivais, desalinhamento dos dentes, mais dificuldade na sua remoção e na reparação da área alveolar e sintomas de disfunção da ATM. (como problemas nas articulações temporo mandibulares, entre outros sintomas). Clique, em dente do siso, no menu acima.

     Esperamos que faça proveito do nosso site, afim que possa esclarecer algumas dúvidas e, que nos visite em breve.

     Nos estamos localizados, em São Paulo, capital. Desde 1954, dedicado no diagnóstico, tratamento e estudos das disfunção e sintomas relativos a ATM (ou DTM), com centenas de pacientes atendidos, com esses problemas aos quais, se encontram livres, de seus sintomas. 

     Atendimento, por telefone: (11) 2296-4943 ou (11) 2092-6159, para esclarecer suas dúvidas, orientações ou caso deseje agendar um horário, para melhor podermos avaliar, os seus sintomas.

     Atendimento, por E-mail: cjjbres@uol.com.br - Coloque, se desejar o seu telefone e o nome de sua cidade e relate seus problemas. Retornaremos o mais breve possível.

 

Consultório Dr. Luiz Barros.
Prof. Dr. JJ Barros
Desde 1952
Estética dental, ortodontia e cirurgias.
ATM, disfunção e tratamento dos sintomas.
Pioneira no tratamento da ATM ou DTM.
Rua Miguel Venditi 56, São Paulo - São Paulo.
Site: http://www.atm.hostmidia.com.br

Labirintite

Nossa sala e visita

 

Apneia do sono obstrutiva e do ronco:

 

       A Polissonografia (conhecida com exame do sono) é um exame simples, realizado há mais de 20 anos no Brasil, que avalia o padrão de sono habitual do indivíduo. O exame é realizado até em recém-nascidos.

 

       A “Polissonografia” é feita durante o sono, por meio de sensores delicadamente colocados na superfície da pele com fita adesiva. Tais sensores enviam informações a avançados aparelhos computadorizados que permitem a precisa coleta de dados e análise do sono em tempo real. Todo o processo é indolor e permite que o indivíduo durma normalmente, enquanto atividades do organismo são monitoradas, como: batimentos cardíacos, movimento dos olhos, respiração, ronco, bruxismo, síndrome da perna irriquieta, dentre outros são avaliados pela Central de Registros durante a noite.

 

Muitas pessoas descobrem, através desse exame, sintomas de deficiência do sono, que antes desconheciam......

 

       Os pacientes portadores de apneia do sono obstrutiva e do ronco, geralmente são os pacientes que ao se levantar, parecem que não dormiram direito, acordam cansados (excetuando outras condições clínicas como, por exemplo, casos de insônias, entre outras causas).

 

       Problemas de apneia do sono, podem causar hipertensão arterial (pressão alta), problemas cardíacos esono durante o dia. Também o paciente pode relatar que, quando está dormindo, acordar com falta de ar, sensação de sufocamento ou que esta se afogando.

 

       Na criança, também podem ocorrer esses problemas, só o que ocorre de sintoma, é o contrário (a criança fica hiper agitada). É importante o conhecimento da apneia do sono obstrutiva do ronco, pois em alguns casos estremos, podem trazer sérias complicações de saúde, inclusive podendo levar, em alguns casos, o paciente a óbito, se não tratada.

 

       Pode-se perceber, quando o paciente possa de portador dessas sintomatologia, quando esta dormindo, quando ronca, há uma parada respiratória momentânea. Essa parada, pode acontecer durante várias vezes, enquanto ele estiver dormindo. Dependendo do número de vezes que ocorrem essas paradas respiratórias, em um intervalo de tempo (30 minutos, uma hora, por exemplo), podemos caracterizar que o paciente possui problemas de apneia.

 

       Entre as causas, além das descrita abaixo, temos devido a obesidade e possivelmente pode ocorrer, em alguns casos de rinite alérgica, pela obstrução causada pelo corrimento nasal, problemas de desvio do septo ou / e hipertrofia do corneto.

 

       Para tratamento destes problemas, relacionados a apneia obstrutiva do ronco, pode ser clínico (no caso de rinite alérgica), cirúrgico (cirurgia a laser, para aumentar o espaço na garganta e/ou cirurgia para desobstrução da cavidade nasal, no caso de hipertrofia do corneto ou desvio de septo, por exemplo), protético (com o uso de placas para apneia) ou através do tratamento das ATMs ou DTMs.

 

       Se o paciente, apresentar sintomas, relativos a ATM ou DTM, pode-se no tratamento da ATM, conseguir um maior espaço e uma melhor acomodação da língua, na cavidade bucal.

 

       Obs: nos casos de respiradores bucais, mesmo depois de feita, a cirurgia nasal, torna-se necessário, em muitos casos, um tratamento que é feito pelo fonoaudiólogo, para que o paciente possa reaprender, a respirar novamente, pelo nariz.

 

Dor Muscular Reflexa. O que é?

     O que é dor de causa reflexa? É a dor muscular que pode ocorrer, fora do local, da verdadeira causa, desse sintoma de dor. É uma tentativa do organismo, de reequilibraros músculos (da cabeça ou face, por exemplo), que estão sobre tensão, por não estarem equilibrados.

ATM ou DTM - dor reflexa

     Dores reflexas nos músculos dos ombros, pescoço, peito (fazendo pensar, em problemas cardíacos), dores embaixo dos seios, nuca, torcicolos ou dores nos olhos (dando a sensação, que alguma coisa, esta empurrando ou pressionando, os olhos), enjoos, fotofobia (a luz incomoda), a vista fica embaçada, o ouvido tampado, dor reflexa no ouvido, zumbido no ouvido (quando a causa é muscular) ou sensação de aperto ou que alguma coisa está enroscada, na garganta.

 

     Esses sintomas podem acompanhar as dores de cabeça, tontura, zumbido no ouvido (labirintite), nas disfunções da ATM ou DTM.

 

     Dor de cabeça. Causa da dores reflexas: Numa tentativa de “reequilibrar” os músculos, da cabeça, que estão sobre tensão, por ação reflexa, outros músculos localizados nos ombros, pescoço, peito, nuca, esôfago, nas válvulas da trompa auditiva ou nos olhos, acabam entrando em espasmos, gerando dores e sintomas, de causa muscular.

 

     Em alguns casos, devido a intensidade das dores, o paciente acaba pensando, que está com algum problema no coração, garganta ou nos olhos; levando-o a procurar profissionais, de várias áreas, sem encontrar a causa, para esses problemas, pois podem ser sintomas de causa reflexa, causados pelos músculos, dessas regiões.

 

     É necessário, que o profissional, tenha bastante experiência no diagnóstico dos sintomas, para diferenciar os problemas de causa muscular- articular, de outros causas.

 

Dor na Coluna Cervical e sintomas.

       A má postura, da coluna cervical pode causar, também, dores de cabeça, dores ou estalos, no pescoço, ombros, peito e braços e formigamento, nas pontas dos dedos.

       Na presença de sintomas, podemos ter, os mesmos problemas, da má postura da coluna cervical e dores reflexa, no pescoço, ombro, braços, peito e embaixo da mama, devido a tendência de encurvarmos, sobre nos mesmos, na presença de sintomas, de dor de cabeça ou tonturas, por exemplo.

 

As causas de dores na nuca e na coluna cervical:

 

       1) O tipo de travesseiro, não pode ser muito alto e nem muito baixo. Tem que deixar a cabeça alinhada, com o coluna vertebral.


       2) O colchão muito mole: o ideal é o de mola ensacado individualmente ou semi ortopédico, ele tem de ser virado de tempo em tempo, para não ficar côncavo.


       3) Deitar e bruço.


       4) O monitor do computador (o meio dele) tem que estar um pouco abaixo, da linha horizontal da visão.


       5) Escrever com a cabeça abaixada: ao escrever, abaixar os olhos e não o pescoço e a coluna cervical, sempre tem que ficar reta.